Novidades

5 consequências do carro parado na garagem

5 consequências do carro parado na garagem

10/08/2016

Muitas pessoas usam seu automóvel poucas vezes por semana. Entretanto, o que pode parecer economia para seu bolso, pode gerar diversas despesas extras com manutenção, já que a máquina que fica muitos dias estacionada requer alguns cuidados. Você conhece as consequências de deixar o carro parado na garagem por muito tempo?

Tanque de combustível

Você sabia que a gasolina tem prazo de validade? O que quer dizer que o combustível possui um tempo útil que as características químicas ficam intactas. Depois de 30 dias a gasolina começa a perder suas qualidades. E também cria impurezas que sujam e entopem o filtro do combustível, causando danos aos bicos injetores do motor. O ideal é que o motorista abasteça o carro o bastante para rodar de 7 a 15 dias. Se o automóvel ficar muito tempo parado, o indicado é esvaziar o tanque. Ressaltando que a gasolina aditivada tem maior durabilidade.

Ar condicionado

O aparelho é outro item que o motorista deve ter muito cuidado, já que ele resfria o espaço e causa umidade nos dutos de ventilação de dentro do automóvel. E isso estimula a criação de bactérias, fungos entre outros elementos que ocasionam problemas respiratórios nos passageiros e no condutor.

É importante ressaltar que muitos não sabem que o ar condicionado possui um filtro. Este quando está sujo é um criadouro de transtornos para quem usa o veículo. Por isso troque a peça com frequência. O procedimento ainda vai evitar o mau cheiro. Uma boa opção é desligar o ar quando chegar em casa e ligar por alguns minutos o ar quente para secar os dutos da circulação interna.

Bateria

Os carros de hoje possuem uma eletrônica grande para proporcionar o máximo de conforto a seus usuários. E uma parte dessas peças possui a responsabilidade por um alto consumo de energia elétrica dentro do automóvel. Como, por exemplo, o rastreador, o alarme e o aparelho de som. Esse gasto pode reduzir a carga da bateria quando o automóvel fica um longo tempo estacionado. Quando seu carro estiver na garagem de casa, desconecte a bateria, dessa maneira você evita o consumo destes componentes eletrônicos.

Motor

O óleo é uma parte essencial na durabilidade do motor. Isso porque o óleo lubrifica os itens que entram em contato dentro dele. Se a lubrificação não é bem realizada ou a qualidade do óleo não é satisfatória, o desgaste do motor é maior. O óleo também tem vida útil. Se ficar um tempo longo parado no automóvel ele pode coalhar e perder suas características. Por isso, há a necessidade de movimentar o óleo no veículo. Se não tiver como usar o carro todos os dias, a solução pode ser ligá-lo por 20 minutos. Este tempo é o bastante para esquentar o motor e completar a lubrificação.

Pneus

Estas peças do automóvel são formadas por borracha e dentro há uma cinta de metal que confere resistência. Ou seja, que garante as dimensões certas. Portanto, se o automóvel estiver com os pneus murchos, a cinta fica deformada por muito tempo. E quando o veículo anda novamente o pneu fica quadrado e a peça detona o tamanho da circunferência. Com isso, o motorista pode sentir uma trepidação no volante. O que quer dizer que houve um balanceamento. Mantenha os pneus sempre cheios, mesmo estacionado. E quando usar o carro, procure calibrar os pneus.

Agora que você já sabe as 5 consequências do carro parado na garagem procure não deixar seu veículo estacionado por muito tempo.

E você, costuma usar muito seu automóvel durante a semana? Comente conosco em nossa página do Facebook!

RECEBA NOSSAS NOVIDADES
E PROMOÇÕES POR E-MAIL